AGULHAS

AGULHAS


Vamos abordar agora o principal ítem numa máquina de costura. A AGULHA....

Existem no mercado grandes variedades de tipos e dimensões para diversos usos e aplicações. Vamos aqui tentar explicar as variedades.

Como existem vários modelos de máquinas também existem vários tipos de agulhas. Assim sendo uma máquina reta industrial não vai trabalhar com uma agulha doméstica, e o contrário também não vai existir; digo com exceção da overlock semi-industrial que usa mesma agulha da industrial.

Segue abaixo uma breve tabela para máquinas com a referência da agulha.

Observe que é referência e não nº da agulha, e segue lista das máquinas mais usadas.


MÁQUINA / REFERÊNCIA DA AGULHA

ZIG-ZAG DOMÉSTICA..........................2020 p tecido em geral

ZIG-ZAG DOMÉSTICA..........................2045 p malhas e tecidos sintéticos

OVERLOCK INDUSTRIAL............................DCx27

OVERLOCK SEMI-INDUSTRIAL................DCx27

INTERLOCK.....................................................DCx27

OVERLOCK PONTO CADEIA........................DCx27

GALONEIRA OU GOLEIRA INDUSTRIAL..........UY128GAS

GOLEIRA SEMI-INDUSTRIAL (COLARETE).....B63

RETA INDUSTRIAL..........................................CABO FINO = DBx1

RETA INDUSTRIAL..........................................CABO GROSSO = DPx5

                     NUMERAÇÃO E MEDIDAS DAS AGULHAS


NUMEROS GRAVADOS NOS CABOS

Nº 65/09 ; Nº 70/10 ; Nº 75/11 ; Nº 80/12 ; Nº 90/14 ; Nº 100/16 ; Nº 110/18 E OUTRAS....

Observe que o número menor é a agulha mais fina, logo que o número maior é a agulha mais grossa. Perceba tambem que o segundo nº é a medida da agulha em milimétros ou seja uma agulha com a descrição o cabo de Nº 75/11 ela mede 0,11 centimétros ou 1,1 milimétros.


Com relação qual nº da agulha que devemos trabalhar, temos que prestar atenção pois é bem simples escolher. Quanto mais fina a agulha, melhor vai ser o acabamento visto que " a agulha fina, deixa menos marcas" por outro lado devemos lembrar também que quanto mais fina é a agulha mais gasta ela vai ficar, e conseguentemente o gasto com a troca das agulhas vais ser maior. Por isso que ninguem vai rebater elástico ou costurar um jeans com agulha de Nº 65/09 ou 70/10. Do mesmo modo ninguem vai trabalhar com tecido fino ou malha com agualha Nº 110/18

DEFEITOS QUE VC MESMO PODE RESOLVER NA COSTURA

DEFEITOS NA COSTURA QUE SÃO MUITO FACEIS DE RESOLVER SEM UM MECÂNICO.


É muito comum aparecer, de uma hora pra outra ou muito rapidamente, defeitos que deixa a costureira com dores de cabeça.

Tenho sempre o prazer de informar que quase 60% destes defeitos podem ser resolvidos apenas trocando a AGULHA. A agulha estando torta ou rombuda, costura com imperfeição. Alguns desses defeitos são:

· Ponto falho (saltando pontos) principalmente nas máquinas de ponto corrente como a overlock ou galoneira.

· Quebra excessiva de fios durante a costura principalmente na overlock. (explicação: a agulha passa muito perto ou raspando no looper fazendo que ocorra o contato da agulha estragada com o fio do looper e ai a ruptura-quebra do fio).·

. Franzimento ou enrugamento do tecido principalmente na costura reta industrial.

· Quebra excessiva da agulha, pode ser resolvido, às vezes, escolhendo certo o nº da agulha para o qual se vai trabalhar. O número da agulha tem tudo a ver com o material que vamos trabalhar, pois se quebra demasiadamente a escolha pode estar errada escolha uma agulha mais grossa.

Periodicamente temos que “dar um carinho”, uma boa manutenção no equipamento que por muitas vezes é exigida além da conta, muito mais do que a máquina foi projetada principalmente, por exemplo, se no caso for máquina doméstica que não tem uma boa lubrificação.

Lembre-se que a manutenção preventiva e periódica aumenta a vida útil do seu equipamento consideravelmente.E mantém sua máquina pronto para uso a todo momento. Não espere que ela grite socorro pelo mecânico.